Redação Adufrj

comunica@adufrj.org.br

O futuro da pesquisa no Brasil está em risco. A Capes anunciou o corte de 5.613 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado que estavam previstas para os quatro meses restantes do ano. Nenhum novo pesquisador será financiado em 2019. O corte agrava o cenário extremamente complicado que vive a ciência no país. Finep e o CNPq também lutam para sobreviver em meio às restrições que atingem milhares de pesquisadores.
A decisão do governo vai na contramão do que acredita a maioria da sociedade. Pesquisa realizada pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) mostra que 70% dos brasileiros mantêm uma visão positiva sobre a ciência e a tecnologia. Os cortes do orçamento da educação também são um dos principais fatores de rejeição ao governo, como demonstrou pesquisa da CNT/MDA divulgada no dia 26/08.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)