Foto: internet

Kelvin Melo

kelvin@adufrj.org.br

Gabriel Nacif (Estudante da ECO e estagiário da Adufrj)

Morreu na madrugada desta quarta-feira, em Lisboa, Fernando José Cardim de Carvalho, professor emérito do Instituto de Economia da UFRJ. Cardim era referência em pesquisas na área de pós-keynesianismo no Brasil e no exterior. Foi idealizador e fundador da Associação Keynesiana Brasileira, que organiza congressos e tem uma participação ativa nas discussões de política econômica no Brasil. O economista tinha 65 anos e lutava contra um câncer.

Fábio Neves Perácio de Freitas, professor do Instituto de Economia, lamentou a morte: “É uma perda muito grande. Foi um dos professores que contribuíram para a reformulação do programa de pós-graduação em economia, no campo da teoria macroeconômica, e foi o responsável pelo curso de macroeconomia obrigatório, durante anos”. Fábio de Freitas, atual coordenador do curso, contou que a forma como Cardim o estruturou é a mesma até hoje.

O professor destacou que Fernando Cardim foi um dos grandes pesquisadores da economia pós-keynesiana, ligada à contribuição do economista inglês John Maynard Keynes. “Ele é certamente uma das maiores autoridades dessa linha de pesquisa no Brasil e internacionalmente.” Perácio completou: “Foi um formador de vários pesquisadores na área e de um grupo de pesquisa bastante produtivo, com produção em livros e periódicos muito importantes”.

O fato de morar em Portugal não impediu que Cardim continuasse envolvido com o Instituto de Economia da UFRJ. “Ele manteve orientações de pós-graduação até bem recentemente, já no período de doença e mesmo estando à distância”, afirmou Fábio de Freitas. “Quando vinha ao Brasil, sempre dava palestras na UFRJ e mantinha contato com nossos pesquisadores”.

Fernando José Cardim de Carvalho formou-se em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), em 1975. Tornou-se mestre em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 1978. Concluiu o doutorado em Economia pela Rutgers, Universidade Estadual de New Jersey, nos Estados Unidos, em 1986.

A cerimônia de cremação acontecerá amanhã (17), às 17h, no Centro Funerário de Cascais, na Rua Cascais, em Alcabideche, distrito de Lisboa.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)