MARCOS FREIRE: “Vamos concluir obras e focar na segurança”

Silvana Sá

silvana@adufrj.org.br

MARCOS FREIRE: “Vamos concluir obras e focar na segurança”

O professor Marcos Freire foi eleito diretor do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho. O pleito aconteceu nos dias 6, 7 e 8 de maio. Professores, técnicos e estudantes participaram do processo.
Freire é o atual diretor do departamento de Clínica Médica. Ele foi candidato único depois que o ex-diretor, Eduardo Côrtes, retirou seu nome da disputa, alegando problemas de saúde.
O novo diretor tomará posse no dia 20 de maio, às 10h. Na próxima segunda-feira (13), o Conselho de Administração do hospital se reúne para homologar o resultado da eleição. Freire obteve 94% dos 1.262 votos. Brancos e nulos somaram 6%.
Em entrevista ao Jornal da AdUFRJ, Marcos Freire afirmou que sua prioridade é trabalhar a questão da segurança interna e externa ao hospital. Uma das propostas é a instalação de câmeras. Também pretende modificar o local de acesso de pacientes e identificar pessoas externas à comunidade hospitalar com pulseiras.
O diretor eleito pretende também dar continuidade a obras do CTI e enfermarias, para ampliar a capacidade de internação e de cirurgias da unidade. “Melhorando o atendimento, melhoramos também as condições de ensino e de pesquisa no nosso hospital”, defendeu.
De acordo com Freire, os cortes no orçamento das universidades, anunciados pelo Ministério da Educação, podem impactar o funcionamento do Clementino. Terceirizados de limpeza e segurança e profissionais extra quadro são pagos com recursos do MEC. Para tentar minimizar os prejuízos, o novo diretor pretende atuar em conjunto com a reitoria, em Brasília. “Uma das alternativas é trabalhar pela liberação de emendas parlamentares e de bancadas. Também quero negociar o redimensionamento dos recursos destinados à UFRJ e ao hospital junto ao MEC”, afirmou.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)