Ana Paula Grabois

anapaula@adufrj.org.br

Em nota enviada ontem ao Conselho Universitário (Consuni), a pró-reitoria de Planejamento, Desenvolvimento e Finanças da UFRJ informa que os pagamentos de custeio da universidade já estão comprometidos a partir de maio devido ao corte de verbas pelo governo federal.

A conta relativa aos orçamento de custeio para manter o funcionamento da universidade passou a ficar negativo em R$ 14,8 milhões devido ao corte de 41% nesta rubrica.

“…considerando a cota de limite de empenho em custeio autorizada, até o momento em torno de 40%, teremos cobertura das despesas até o mês competência de abril”, diz um trecho do documento.

A pró-reitoria afirma que vai buscar interlocução com o governo federal e com o Congresso para impedir a interrupção ou o comprometimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão na graduação, pós-graduação, Colégio de Aplicação, educação infantil e nas unidades de atendimento hospitalar.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)