Kelvin Melo

kelvin@adufrj.org.br

O professor Paulo Carrilho Soares Filho tomou um susto ao ver o boleto do plano de saúde da Unimed, contratado via Adufrj. O valor anterior, de aproximadamente R$ 1,9 mil mensais, subiu para mais de R$ 2,7 mil. Um aumento de 42,5%. Carrilho, assim como outros docentes, entrou em contato com o Sindicato em busca de orientação: “Aqui em casa, o impacto no orçamento é duplo. Minha esposa, também professora, pagará o mesmo valor”, disse o aposentado do
Instituto de Física, de 64 anos.
Diretora da Adufrj e especialista em saúde pública, a professora Ligia Bahia afirma que o Sindicato já está negociando com o plano de saúde e não hesitará em buscar os direitos dos docentes na Justiça, se o percentual permanecer elevado.“É um índice muito alto em relação à inflação. Nós não vamos deixar”, disse. Ligia explica que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que não define o reajuste dos planos coletivos, fixou em 10% o índice máximo de reajuste a ser aplicado aos planos de saúde médico-hospitalares individuais/familiares no período compreendido
entre maio de 2018 e abril de 2019.
Representante da administradora IBBCA, que negocia os convênios para a Adufrj, Miguel Gomes orienta os professores em situação semelhante à de Paulo a não pagar – por enquanto – os boletos, datados para o dia 20. Está em negociação com a Unimed uma forma de baixar o alto reajuste cobrado, que não atingiu todos os professores do convênio. “Os que ingressaram recentemente não sofreram este reajuste”, afirma Miguel.
Uma possibilidade é transferir os docentes prejudicados com o aumento abusivo para uma nova apólice, exclusiva da Adufrj (na atual, os professores
compartilham o convênio com outros servidores públicos). Pode ocorrer, ainda, a migração para uma apólice já existente da própria Unimed, com valores menores. Em último caso, existe a opção de sair para o plano de outra operadora.
O sindicato possui convênios com Bradesco, Amil e Sul América, que não sofreram reajustes tão altos. Os resultados da negociação com a Unimed
e as orientações da seguradora serão divulgados nos próximos dias.

 

Contatos para informações sobre o plano de saúde

21- 3473-1999 / 3553-2470 / 98463-0886

ou contato@ativuslife.com.br

Corretor Miguel

2 Comentários

  • Silvina Fernández disse:

    Estou no caso de quem sofreu esse aumento abusivo. Gostaria de saber como proceder. A orientação, na nota, é não pagar, mas temo ficar sem atendimento junto com a minha família. Aguardo orientações do sindicato.

    • Fernanda da Escóssia disse:

      Bom dia, professora, a Adufrj terá um Plantão Jurídico no dia 24 de julho só para tratar deste tema. A senhora pode agendar seu atendimento pelos telefones 3884-0701 ou 2260-6368.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)