facebook 19
twitter 19
andes3

WhatsApp Image 2021 09 13 at 13.03.59A presidente da AdUFRJ, professora Eleonora Ziller (foto), solicitou ao Conselho Universitário do dia 9 o reconhecimento das progressões/promoções aos colegas que abriram seus processos antes da mudança da legislação interna. A resolução nº 08/2014 do colegiado previa a possibilidade de o docente realizar o pedido com base em períodos acumulados de trabalho, as chamadas “progressões múltiplas”. Mas resoluções do ano passado eliminaram este dispositivo. “Um conjunto de docentes ficou no meio do caminho”, disse. “Que este conselho possa fazer uma escuta generosa deste pleito. Há uma argumentação legal muito consistente da nossa assessoria jurídica”, completou, em referência a recursos docentes previstos na pauta da sessão  
A assessoria jurídica da AdUFRJ defende que o direito ao desenvolvimento na carreira deve ser preservado quando o professor comprova os requisitos de tempo (24 meses) e de avaliação (relatório de atividades), mesmo que esse reconhecimento seja feito posteriormente.
A reunião foi encerrada antes da discussão de um dos recursos. E dois pedidos de vista interromperam o debate sobre outro processo semelhante. O tema deve retornar na próxima sessão, ainda neste mês.

Topo