facebook 19
twitter 19
andes3

laptop 2562325 640Imagem de StockSnap por PixabayO Período Letivo Emergencial criou desafios inéditos para a maioria dos docentes. Uma das preocupações é com o eventual mau uso das imagens e dos materiais compartilhados com os alunos. A diretoria da AdUFRJ divulga dois documentos para contribuir com a segurança dos professores e professoras em relação às aulas gravadas.
Um deles é um termo de confidencialidade (veja AQUI), que deve ser assinado pelos estudantes, com o compromisso de não divulgarem o material recebido. O compartilhamento para quem não estiver inscrito nas mesmas disciplinas só será possível se houver autorização dos docentes. O ato não autorizado poderá causar uma ação judicial de perdas e danos. O termo vale a partir da assinatura, inclusive após o aluno sair da universidade.
O segundo documento é um tutorial que ensina como preparar os vídeos para o Youtube de modo privado, permitindo acesso apenas de quem receber o link (leia mais AQUI).
“Essas duas medidas não são garantem total segurança contra possíveis hackeamentos ou vazamentos dos conteúdos, mas são dois modos de prevenir problemas e aumentar nossa segurança durante o PLE”, afirma a diretoria da AdUFRJ, em nota.

Topo