facebook 19
twitter 19
andes3

PESQUISA E TEXTO: Kelvin Melo e Liz Mota Almeida
FOTOS: Alessandro Costa

WEB P7 1128“Balbúrdia é não investir na Educação”. O cartaz de um anônimo estudante no meio da avenida Presidente Vargas resumiu a indignação que levou milhões de pessoas às ruas de todo o país em 15 de maio de 2019. A maior manifestação enfrentada pelo governo Bolsonaro foi uma resposta aos cortes no setor e às malcriadas declarações do pior ministro da história, Abraham Weintraub. O titular do MEC usava o termo para atacar de forma injusta a produção de conhecimento desenvolvida nas universidades.  
Nas redes sociais, a adesão também foi gigantesca: a hashtag #TsunamiDaEducação chegou ao primeiro lugar do ranking mundial do Twitter, por algumas horas. A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas registrou 799,5 mil postagens com este marcador entre o meio-dia da véspera (14) e 16h do dia seguinte. No mesmo período, a hashtag #15m apareceu em 243,5 mil postagens; e #todospelaeducação, em 232,7 mil postagens. Nos meios virtuais, o protesto ganhou ainda mais fôlego após Bolsonaro chamar os manifestantes de “idiotas úteis”.
No Rio de Janeiro, nem a chuva que caiu na cidade espantou a animada participação de educadores, estudantes e trabalhadores de outros setores. A UFRJ concentrou suas atividades na Praça XV, no início da tarde. Organizado pela AdUFRJ, o evento reuniu 15 mil pessoas das mais diversas áreas do saber. Houve ações culturais, divulgação de pesquisas científicas e aulas públicas. UniRio, Rural, Cefet e PUC também realizaram exposições no local. “Estamos aqui porque precisamos que a sociedade nos conheça e nos ajude a defender a educação”, observou, na ocasião, o professor Felipe Rosa, diretor da AdUFRJ.
O 15M foi encerrado com uma passeata unificada com outros setores de trabalhadores e estudantes. Não dava para enxergar onde terminava a multidão, que cantou, ergueu cartazes, fez coreografias com os braços e acionou os flashes dos celulares. Tudo isso para mostrar ao governo que não ficará sem reação qualquer ataque à Educação.

WEB P7G 1128WEB P7H 1128WEB P7I 1128WEB P7J 1128WEB P7L 1128WEB P7M 1128

WEB P7F 1128WEB P7D 1128WEB P7C 1128

WEB P7B 1128WEB P7A 1128

Topo